5 razões para o digital

Não vamos discutir o que é melhor e pior entre fotografia digital e o filme, creio ser uma discussão que não nos levará a nada, em vez disso gostaria de vos transmitir algumas reflexões acerca das possíveis vantagens que o digital nos pode trazer em termos de fotografia de rua.



Christine Gates

1) Fotografia de rua é instinto

O filme é caro. Sentir-se restringido por ter apenas 36 disparos na sua câmara, pode não se tornar prático na fotografia de rua aonde o movimento instintivo deve predominar, pelo que estar sempre a pensar “valerá a pena”. A fotografia de rua deve ser rápida e sem hesitações. Na verdade é uma disciplina entre o risco e a recompensa. Sse restringir ao risco, haverá menos recompensas também.



Annie Whitfield

2) A seleção de fotografias vem com a experiência e não com a força

Durante a meu primeiro passeio para fotografia de rua, eu voltava para casa com cerca de 150 a 200 fotos. Destas, eu provavelmente mantinha metade, a maioria delas de baixa qualidade. Hoje em dia, num dia inteiro de fotografia de ruas volto com cerca de 50 fotos. Aprendi quais as fotografias que não deveria fazer, desenvolvi interesses específicos, domino a minha câmara melhor e eu acredito que encontrei o meu estilo. Isto adquire-se com o tempo, e também muitas falhas. Não auto-imponho uma restrição ao disparo, na realidade a única maneira de analisar uma fotografia é faze-la. Só depois pode determinar quais foram as razões do fracasso ou sucesso.



Cristiano
3) A sua mente não é a sua câmara

Acho que todos nós pré-visualizamos as fotos, ou seja, vemos uma cena e imaginamos como ela ficaria numa imagem. O problema é que nós vemos em três dimensões, enquanto que numa imagem temos apenas duas. Portanto, não se surpreenda se o resultado não transmite a sensação que originalmente viu. Além disso, os nossos olhos não têm um problema de linha do horizonte, ele se auto-regula. O mesmo se aplica ás áreas desfocadas, é muito difícil imaginar como elas poderão ficar depois do disparo. Então, na dúvida, pode verificar rapidamente no seu LCD se a sua visão foi captada corretamente e, portanto, corrigir as suas interpretações no local. Eu acredito que uma das grandes vantagens do digital é poder ser confrontado de imediato com os erros. Permite dar-lhe uma segunda oportunidade coisa que no filme não consegue.


Alan Burles
Alan Burles
4) Não é a câmara, é voçê

Fotografar em filme não lhe possibilita se aproximar mais,  ou ser mais furtivo, nem menos intrusivos. Tem tudo haver consigo. Superar a timidez e aprender a interagir com os seus sujeitos não é fácil, leva tempo e é necessária muita prática. Poucas pessoas são animais sociais por natureza, pelo que o modo como interagir com estranhos é uma habilidade que se obtém com exercido. O digital dá-lhe a flexibilidade para praticar tanto quanto você quiser. Podendo acelerar sua curva de aprendizagem, tanto a técnica como socialmente.


Jamie Fyson
Jamie Fyson
5) Expresse a sua criatividade

Nos dias do filme, a menos que estivesse disposto a passar horas intermináveis ​​no laboratório, não dominaria o resultado final das suas imagens. Hoje em dia, o software permite-lhe, fazer qualquer coisa que sua criatividade procure. Não precisa de gastar anos para se tornar um mestre do laboratório e de química. Hoje em dia em apenas uma questão de meses desde com alguns conhecimentos de informática decentes. E fazendo isso, não se sinta que está a fazer algo de errado. Deixe a sua criatividade se expressar plenamente. Chegar a um estilo único é um diferenciador. As possibilidades são infinitas e hoje em dia a sua fotografia de rua pode ser definida mais pela estética, do que o conteúdo propriamente dito.

Forme você mesmo a sua própria opinião. A sua conclusão pode até recair entre ambos, e no final, nada impede que use tanto o filme como o digital, certo ?

Fonte: yanidel.net


© 2017 Fotografia de Rua | Todos os direitos reservados | Oficina dos Sites